+ TECNOLOGIA

O que fazer sem o WhatsApp?

Autor: Rejane Romano

É oficial. O povo brasileiro, um dos maiores usuários do aplicativo para celular WhatsApp irá ficar orfão da ferramenta de trocas de mensagens de texto, áudio e vídeo até a próxima quinta-feira (5). Isto porque o desembargador Cezário Siqueira Neto negou recurso apresentado pelo WhatsApp e manteve o bloqueio iniciado às 14h desta segunda-feira (2).

Alternativas têm sido encontradas para suprir a falta do aplicativo. O Facebook Messenger tem enviado mensagens aos usuários estimulando o uso Messenger. Quem se interessar pode baixar o aplicativo e utiliza-lo de forma independente ao Facebook. Mas fique atento porque o download é gratuito, mas o uso consome o pacote de dados.(https://www.messenger.com)

O Telegram surge como uma alternativa que se aproxima mais do WhatsApp, mas como o diferencial positivo de permitir o envio de arquivos de qualquer tipo como: doc, zip e mp3. Além disso a possibilidade do usuário acessar suas menagens de vários dispositivos ao mesmo tempo, incluindo tablets e computadores. E ainda compartilhar um número ilimitado de fotos, vídeos e arquivos de até 1,5 GB cada. Também possui download gratuito, mas o uso consome o pacote de dados.(https://telegram.org/)

Hangout, skype, viber e zapzap são algumas das várias opções. O importante é não ser prejudicado por falta de acesso à comunicação, pois há empresas e profissionais liberais que têm perdido clientes devido ao bloqueio.

Ruim para eles, mas mais ainda para o WhtasApp que numa dessa pode perder seus usuários para outros aplicativos. Pois por mais que, como ocorreu da primeira vez, o WhatsApp consiga o desbloqueio antes do prazo determinado é muito ruim a instabilidade de ora term ora não ter com quem contar,

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS