+ NOTÍCIAS

ENCONTRO INTERNACIONAL COM ESCRITORES AFRICANOS

Teve início, na cidade de São Paulo, dia 5 do corrente, o I Encontro Internacional com Escritores Africanos, no âmbito do Projecto LITERAFRICA BRASIL 2018, que visa promover o conhecimento do continente berço por meio da literatura, em parceria com a TM Editora, Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo e apoio do Centro Cultural Olido e de outras Instituições, bem como Bitou z, Centro Cultural Africano, Consulado Geral de Angola em São Paulo, Embaixada de Cabo Verde, Associação Angolana do Estado de São Paulo Palanca Negra, Piraporiando e valorização de Iniciativas Culturais..

O Encontro Internacional apresenta um aspecto diferente a interactividade directa com o público de várias partes do Brasil, particularmente da cidade de São Paulo, pois registou-se mais de 1.501 compartilhamentos nas redes sociais e 2.010 inscrições, o que demonstra o interesse de conhecimento sobre a literatura africana e conversar com os protagonistas directos dos valores e cultura africanos.

O evento foi organizado sob a coordenação do angolano João P. Canda, escritor, editor, palestrante e produtor cultural, que reside na cidade de São Paulo, Brasil, há já muito tempo. Temos como objectivo, tornar a literatura africana uma referência a nível local e internacional ambicionamos incentivar e divulgar os autores, em todos os géneros literários e leva-los além fronteiras, dando assim a conhecer a nossa história e cultura , como bem refere o coordenador do Projecto.

O Acto de Inauguração do Evento teve lugar no Centro Cultural Olido, situado no centro da cidade de São Paulo, com a presença do Cônsul Geral de Angola em São Paulo, Embaixador Belo Mangueira, que proferiu algumas palavras de abertura, agradecendo a presença do público paulista e dos escritores africanos, exaltando a importância do evento e a necessidade de a literatura africana ser divulgada e vendida nas livrarias e centros brasileiros, mostrando os valores e cultura africanos, recordando os laços históricos existentes entre África e Brasil.

Os escritores Amélia da Lomba, Marta Santos e Isidro Sanene (Angola), Moustafa Assem (Egipto/CaboVerde), Sunday Nkeechi e Otunba Adekunie Aderonmu (Nigéria), Marcial Macome (Moçambique), Alexandrine Biyouha (Camarões), Prosper Dinganga (República Democrática do Congo) e Francine Brandão (Brasil), proferiram as suas palestras em 4 diferentes painéis, focando os mais variados aspectos da cultura e valores africanos, como casamento tradicional, pintura e literatura africana, literatura infantil, bate-papo sobre Elias Dia Kimuezo, literatura oral e filosofia africana, do ritual africano ao teatro, bate-papo sobre a trajectória, experiência e criação literária da escritora Amélia da Lomba, e outros temas.

A organização do evento aproveitou a oportunidade para oferecer um livro sobre a literatura africana à senhora Sulla Andreato, Directora do Centro Cultural Olido, bem como homenageou a escritora Amélia da Lomba pelo seu 20o aniversário de escritora, artista e dedicada às artes, gestos aplaudidos pela plateia.

O Encontro terminou com um Sarau de festa cultural e música, em parceria com o Colectivo Raízes, através do Projecto Raízes, bem como exposição e venda de livros e obras de arte dos escritores e outros artistas africanos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS